Mitos sobre entregabilidade

Há alguns conceitos difundidos sobre entregabilidade de emails que podem piorar a reputação das campanhas de email-marketing em vez de torná-las melhores. Três deles estão listados abaixo.

1. Todos os provedores de Internet tratam emails de forma igual.

Os provedores de Internet dedicam grande esforço para proteger as caixas de entrada dos assinantes do grande volume de spam, vírus, worm e outros tipos de emails maliciosos. Para empresas que enviam emails legítimos, também é um esforço grande acompanhar as constantes evoluções na tecnologia de email. Cada provedor de Internet usa seu próprio critério para aceitar e entregar email, pois tem decisão própria sobre a quais ameaças responder e com qual velocidade e ferramenta. Isto implica que mudanças são constantes. Assim, além de seguir as melhores práticas de envio de email-marketing, é necessário que a reputação do sistema de email-marketing seja monitorada constantemente, assim ajustes podem ser feitos antes que mudanças em provedor gere efeitos negativos.

2. Mudar o endereço IP melhora imediatamente minha reputação.

A reputação de email é baseada no endereço de IP do servidor de email-marketing. Ao contrário do imaginário popular, não ter reputação é tão negativo quanto ter uma reputação ruim. Usar um novo endereço IP deve ser restrito a migrações estratégicas (por exemplo, mudar de sistema de IP compartilhado para IP dedicado, ou separar fluxos de email transacional do fluxo de email-marketing). A reputação de um endereço de IP sempre melhora quando o comportamento do servidor de email é bom e as melhores práticas de envio de email-marketing são observadas. Quando o sistema de email-marketing é transferido para um novo IP, sempre é necessário programar seu “aquecimento” para que a reputação seja bem construída ao longo do tempo, aumentando o volume aos poucos e usando boas práticas para demonstrar aos provedores que o sistema pertence a um “sender” legítimo.

3. Os destinatários devem ter dificuldades para pedir remoção da lista.

Sempre facilite a remoção das listas pelos destinatários, e não os obrigue a fazer login para sair da assinatura. Oferecendo um bom mecanismo de opt-out diminui as chances do destinatário de email clicar no botão “Isto é spam” para registrar reclamação junto ao provedor de Internet. Taxa elevada de reclamação de spam reduzautomaticamente a taxa de entrega de emails futuros.

Fonte: SendGrid Blog.